Tudo que você precisa saber sobre teste vocacional e sua finalidade

Comentarios:

Home Pra Carreira
EAD 1

Quando o ensino médio começa a caminhar para o seu final, é comum os estudantes se prepararem para o vestibular e para a prova do ENEM. A correria é grande e os estudos precisam ser intensos para quem quer realmente pleitear uma vaga em um curso superior. Não pense que a dificuldade pára nos estudos. Há um outro ponto muito importante, que é saber a qual curso universitário a pessoa quer concorrer. Você já sabe qual será a sua futura profissão? Caso ainda tenha dúvidas ou não tenha nem ideia do que quer, o teste vocacional pode ser muito útil.

Tudo que você precisa saber sobre teste vocacional e sua finalidade

É normal chegar ao final do ensino médio sem saber que curso quer fazer. Muitas vezes, a pessoa nem sabe se quer algo da área de exatas, humanas ou biológicas. Quando isso acontece, é preciso tentar se conhecer melhor. Pense no que você gosta de fazer, quais as suas disciplinas favoritas, como se imagina daqui 15 anos, se tem vontade de trabalhar ao ar livre ou em um escritório, entre outros pontos. A escolha da carreira é algo que se faz através do autoconhecimento.

Quando a pessoa não tem nem ideia de por onde começar, o teste vocacional pode ajudar a dar uma direção. Porém, nunca servirá para decidir qual curso você deverá fazer. Encare o teste vocacional como aquele empurrão inicial que você terá para aprender a pensar sobre isso e se conhecer.

Quando ele é feito por um profissional capacitado, você provavelmente sairá do teste com uma grande área com a qual, aparentemente, você tem mais afinidade. Com isso, você pode começar a pesquisar e descobrir se alguma das profissões que se enquadram nela é realmente interessante e atrativa para você. Mas é importante que você não se assuste caso o resultado vocacional só leve a coisas pelas quais você não tem interesse algum. Isso pode acontecer e não é porque deu no teste vocacional que você terá que seguir. Encare-o como um primeiro contato e como uma busca por autoconhecimento.

Você pode encontrar vários testes vocacionais online, mas a maioria deles é pouco abrangente. O mais indicado mesmo é procurar uma clínica de Psicologia da sua cidade que atue na área para que o processo seja mais proveitoso.

E depois do teste vocacional, o que faço?

Caso você tenha gostado da área de atuação que o teste indicou, comece a pesquisar sobre as profissões existentes nela. Por exemplo, se o teste falou que a sua área é a da saúde, pesquise um pouco sobre fonoaudiologia, fisioterapia, enfermagem, medicina, medicina veterinária e biomedicina, entre outras profissões que se encaixem nisso. Leia sobre elas, veja as mais atrativas e pesquise a fundo as que você mais gostou.

Se tiver a oportunidade, converse com pessoas que já são formadas no curso pelo qual você se interessou para saber mais sobre o dia a dia e sobre as áreas de atuação. Você pode fazer isso pelo próprio Facebook. Entre em um grupo de profissionais da área e pergunte. Isso é muito comum e as pessoas sempre ajudam com dicas e contando mais sobre o que fazem.

Caso tenha notado que a área que o teste vocacional indicou para a você não tem atrativo algum e não é nada do que você quer, deixe-a de lado, pense melhor nos seus gostos e pesquise sobre as outras áreas de atuação. Depois, faça como falamos. Vá afunilando as profissões até que você encontre a que realmente você quer.

 

Quer saber quanto custa a faculdade dos seus sonhos? Acesse www.portalpravaler.com.br e faça uma pesquisa!

Deixe uma resposta