O custo da faculdade não se restringe às mensalidades

Comentarios:

Home Pra Economizar
Finanças 6

Faculdade é um investimento para o seu futuro. O problema é que, na hora de começar as aulas, surgem dúvidas sobre a questão financeira. Afinal, os gastos com o ensino superior não se limitam à mensalidade. Por isso mesmo, você deve se planejar com antecedência e evitar surpresas desagradáveis. Ninguém quer entrar no vermelho, certo? Então, leve em conta todas as despesas extras que vem por aí e monte um orçamento para saber o quanto você vai gastar de verdade com seu curso.

Matrícula

Quando a gente resolve dar início a um curso superior, já inclui o preço da mensalidade nas contas a serem quitadas todo mês. Só não se esqueça de que no início do semestre, você também deve pagar a taxa de matrícula, que pode ser o mesmo valor de uma mensalidade. Algumas faculdades ainda cobram a taxa de inscrição. Fique de olho!

Transporte

Se você pretende ir para a aula de veículo próprio, seja carro ou moto, é preciso levar em consideração que agora os seus gastos com combustível vão aumentar. Em alguns casos, você também vai ter que pagar o estacionamento. Já quem vai usar o transporte público ou coletivo, como as vans, deve incluir no orçamento as despesas com a passagem.

Uma alternativa para economizar é combinar uma carona. Pode ser com um amigo, vizinho ou alguém da família. Talvez você encontre, na faculade, outros estudantes que ofereçam carona mediante uma contribuição para a gasolina. Pode sair mais em conta do que pagar o ônibus ou metrô. De qualquer forma, não se esqueça de adicionar os gastos com transporte ao orçamento.

Alimentação

É importante lembrar que algumas refeições serão feitas durante o horário da faculdade. Dependendo da rotina do seu curso, pode ser o almoço, apenas um lanchinho ou um café. Mesmo assim, não dá para se esquecer dessa despesa. As faculdades costumam ter suas cantinas e restaurantes, mas você também pode encontrar opções mais em conta nas redondezas.

Material

Todo curso precisa de algum material para acompanhar as aulas. No início fica pesado, porque você tem que comprar um monte de coisas. A vantagem é que boa parte desse material pode ser aproveitado nos próximos semestres, como mochila, estojo, jaleco e calculadora. Vale a pena investir na qualidade e tomar cuidado para que eles durem o máximo possível.

É necessário pensar também nos gastos com apostilas e xerox dos textos recomendados pelo professor, além da impressão dos trabalhos que você vai ter que entregar. É um gasto pequeno, mas que pode acontecer com bastante frequência e fazer a diferença no final do mês. Reserve uma parte do seu orçamento para esse tipo de despesa. Algumas faculdades ainda exigem material específico, o que pode custar bem caro. É o caso dos instrumentos de Odontologia e das calculadores especiais usadas em cursos de Engenharia.

Livros

Livros acadêmicos são caros! Mesmo assim, tenha em mente que nem todos os livros usados durante o curso precisam ser comprados. É ideal que o estudante tenha em casa algum material sobre os assuntos que mais lhe interessam ou a área em que ele pretende se especializar. No primeiro semestre, porém, a maior parte das matérias faz parte de um ciclo básico.

Você pode reduzir as despesas usando xerox dos livros, quando for possível. Além disso, tente pegar emprestado na biblioteca da faculdade ou na biblioteca pública. Uma alternativa é comprar livros usados ou dividir a compra com um colega. Lembre-se de escolher bem os livros que você vai comprar, para não acabar gastando dinheiro com algo que não vai ter utilidade no futuro.

E então, você está prestes a começar o primeiro semestre da faculdade? Quais são as suas expectativas sobre o curso? Comente!

 

Quer saber quanto custa a faculdade dos seus sonhos? Acesse www.portalpravaler.com.br e faça uma pesquisa!

Deixe uma resposta