Carreira acadêmica ou mercado de trabalho?

Comentarios:

Home Pra Carreira
carreira_mercado_ou_academica

Como o Brasil passa por um período de instabilidade política e econômica, chegar ao semestre final da graduação pode ser assustador para muitos jovens. Afinal, o que fazer para garantir um trabalho e construir uma carreira?

Geralmente, os graduandos têm dois caminhos a escolher: seguir na carreira acadêmica ou ingressar no mercado de trabalho. Descubra qual deles têm mais a ver com você no nosso post de hoje!

Como funciona a carreira acadêmica

A carreira acadêmica é perfeita para quem gosta da ideia de dar aulas, pesquisar e produzir conhecimentos que contribuam para o desenvolvimento do país. Nenhum desses aspectos pode ser deixado de lado, hein?

Para seguir esse caminho, o graduado precisa ingressar em programas de pós-graduação do tipo stricto sensu, como mestrado e doutorado. Quanto mais especializado ele for, melhores serão seus cargos e salários nas universidades.

Provavelmente, a maior vantagem da carreira acadêmica é o contato com as pesquisas mais recentes. No entanto, é essencial tomar cuidado para que esses conhecimentos não se tornem obsoletos por falta de aplicação prática.

O ideal é que o graduado passe algum tempo no mercado de trabalho antes de ingressar na pós-graduação para que conheça essas duas realidades e seja capaz de buscar soluções que as mantenham conectadas.

Se você se interessa pela carreira acadêmica e ainda não se formou, busque por bolsas de iniciação científica nos laboratórios do seu curso. Com elas, é possível ganhar familiaridade com a rotina de trabalho e começar a construir um currículo.

Como funciona o mercado de trabalho

O mercado de trabalho é ideal para quem gosta da ideia de experimentar na prática o que aprende na teoria, adquirir competências técnicas e empreender. Todas essas coisas têm a ver com o que você busca para a sua carreira?

Normalmente, os currículos dos cursos de graduação já contam com estágios obrigatórios onde os alunos têm a oportunidade de aplicar tudo o que aprenderam ao longo dos anos de formação.

Sem dúvidas, a grande vantagem de optar pelo mercado de trabalho é o contato direto com o dia a dia e as tendências da sua área, que costumam demorar a se transformar em objetos de estudo na academia.

Mesmo assim, quem deseja progredir no mercado de trabalho pode ter que retornar à universidade em algum momento para se aperfeiçoar. Nesse caso, os cursos lato sensu – como as especializações – são os mais indicados.

É possível ter experiências no mercado de trabalho logo no início da graduação! Você pode buscar estágios que se relacionem com a sua área de atuação e, quem sabe, concluir o seu curso com um emprego em vista. Legal, né?

Vale lembrar que a carreira acadêmica e o mercado de trabalho não são caminhos únicos ou sem volta! Nada impede que você concilia os dois ou mude de um para o outro. Basta se preparar para encarar o que eles exigem.

Seus colegas ainda têm dúvidas para escolher entre a carreira acadêmica e o mercado de trabalho? Então aproveite para compartilhar esse post com eles nas redes sociais!

Deixe uma resposta