3 dicas práticas para controlar o orçamento doméstico

Comentarios:

Home Pra Economizar Pra Saber PRAVALER
3 dicas práticas para controlar o orçamento doméstico

Controlar o orçamento doméstico parece ser uma das missões mais difíceis que existem, não é? Se você mora sozinho ou em república, então fica mais complicado, pois parece que o dinheiro vai embora e você nem percebe com o que gastou.

Mas apesar de uma dura missão, o controle no orçamento doméstico é necessário para conseguirmos alcançar nossos objetivos e deve ser feito à risca! Confira neste artigo 3 dicas práticas para controlar o orçamento doméstico.

Você vai ver que é possível sobrar aquele dinheiro para fazer o que tanto deseja!

1 – Saiba exatamente o que gastou

O primeiro passo para conseguir controlar o orçamento doméstico é saber exatamente onde você está gastando o seu dinheiro. Quando fizer compras, leve consigo sempre um bloco de notas, só para anotar o quanto gastou. Depois passe para um caderno. Inclua o salgado da faculdade ou a cervejinha depois do trabalho também, ok?

Se o gasto foi com o cartão de crédito, aí o controle tem que ser mais acirrado! Dinheiro que não se vê é dinheiro fácil de ir embora. Esta é uma das maiores armadilhas que levam as pessoas a ficarem endividadas com financeiras ou banco.

Sempre peça a sua via da nota da compra do cartão. No caso de mensagens enviadas por SMS, não as apague até que possa passar para o caderno ou a planilha o valor da compra.

2 – Divida a porcentagem de alimentação

Depois de colocar todos os seus gastos no período de um mês dentro do caderno ou da planilha digital, você deve perceber o seguinte:

  • O ideal é que a alimentação ocupe do seu salário – ou do seu dinheiro mensal, seja qual for a origem da sua renda – uma porcentagem de 15%. 10% são de origem do supermercado e 5% dos locais de fora.
  • Claro que, às vezes pode ser um pouco mais, mas não deve ultrapassar o valor de 20% do seu salário. Caso isso aconteça, talvez seja melhor fazer alguns cortes.

3 – Evite os parcelamentos

O parcelamento é um grande inimigo para o controle do orçamento doméstico. Quando vamos ao supermercado e perguntam se queremos parcelar as nossas compras, parece tentador. Afinal de contas, será um alívio para aquele mês e você poderá gastar o dinheiro com alguma outra coisa que você tanto deseja ou precisa, certo?

Mas o recomendável é que você sempre compre à vista! Não só as compras do supermercado, mas tudo o que for possível. Muitas vezes, o descontrole vem destes parcelamentos que vão se acumulando.

Dicas extras

  • O mais importante naquele mês que a coisa aperta um pouco mais é você ajustar os seus gastos. Diminua o consumo de energia e água, verifique o que pode ser retirado da tomada. Parece pouco, mas uma tomada ligada o tempo todo durante um mês pode ser um diferencial na conta de luz.
  • Compare preços no supermercado e tente reduzir os gastos comprando os produtos mais baratos.
  • Para ter o controle são necessários três passos que parecem simples: anotar os gastos, não acumular e se ajustar. Mas no dia-a-dia podem ser mais difíceis do que aparentam. Tudo vai depender da sua força de vontade de sair da situação.

E então, o que achou das dicas para controlar o orçamento doméstico? Deixe um comentário abaixo!

Deixe uma resposta